sábado, 10 de janeiro de 2009

Entre sapos.


Nós mulheres, sempre achamos que um dia vamos nos apaixonar por um homem perfeito, que faça todos os nossos gostos, que esteja perto, seja bonito e que acima de tudo, nos ame muito. Esse cara às vezes aparece, mas se você não gostar dele da mesma forma, desista! Porque ele já não é perfeito para você, apesar das qualidades.

Até que um dia você se pega pensando naquele rapaz que você já quis tacar uma pedra de tanta raiva, aquele que fazia questão de te provocar, e que parecia ser o errado pra ti por algum motivo. Mas era esse mesmo rapaz que fazia o tempo passar mais rápido, que fazia dos seus dias os mais engraçados com o que falava. Que para algumas pessoas era idiotice, mas para você fazia o maior sentido do mundo aquela frase em qualquer ordem!

Então você acorda, e nota que aquele sapo era seu verdadeiro príncipe, apesar de todos os seus defeitos. E você só descobre isso, porque apesar da distância de corpos dos dois, você se sente ligada a ele de alguma forma. E também, somente ele tem o dom de fazer você rir e chorar ao mesmo tempo depois de anos, porque é nele que você pensa escutando uma música qualquer, e porque você sente falta de cada sorriso que ele dava só para você, de cada palavra que vocês conversavam e de cada minuto em silêncio que passaram juntos!


Pois o amor é sempre assim, inesperado! E não adianta indagar, basta se deixar sentir, pois essa será a única forma que você se sentirá feliz. Com ou sem ele, mas amando até o fim dos seus dias ou até o fim desse amor.


♥~

2 comentários:

Clá disse...

Nossa, adorei esse texto!
Achei muitissimo fofo.


um beijo :)

Raay disse...

aai o amor eh lindo demais mixha usushushsu